Rádio Imprensa Ao Vivo
BahiaBelmonteBrasilCabráliaCamacanEunápolisGuaratingaInternacionalItabelaItabunaItagimirimItamarajuItapebiPorto SeguroTeixeira de Freitas
Por: Gutemberg Stolze
06/10/2022 - 10:56:24

 

O governador reeleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, declarou ontem (5) apoio à candidatura à reeleição de Jair Bolsonaro (PL) para a Presidência. Os dois se reuniram na manhã desta quarta-feira no Palácio da Alvorada, em Brasília.

 

 

"O Distrito Federal é hospedeiro dos principais poderes, então essa harmonia, desde o início, foi o que nós buscamos". Durante o anúncio de apoio, Ibanês citou a importância do governo federal na realização de obras no DF, que tem "dependência muito forte" do Fundo Constitucional.

 

 

A instituição do Fundo Constitucional do DF está prevista na Constituição e os recursos, corrigidos anualmente, são usados para custear a organização e a manutenção das forças de segurança pública, bem como assistência financeira para serviços públicos de saúde e educação. Em 2022, a previsão do orçamento do fundo é de R$ 16,28 bilhões.

 

 

No primeiro turno das eleições, o candidato Bolsonaro obteve 51,65% dos votos válidos no Distrito Federal. Luiz Inácio Lula da Silva ficou com 36,85% de preferência do eleitorado da capital.

 

 

Segundo Bolsonaro, essa harmonia entre os poderes e entes da federação é importante para a governabilidade. "Nada melhor para um presidente da República do que ter um governador amigo ao seu lado. Todos ganham, em especial a governabilidade", disse.

 

 

"Hoje, vocês podem ver o perfil dos novos ou reeleitos parlamentares na Câmara e no Senado, um perfil mais conservador, mais família, um perfil mais liberdade econômica. Ou seja, está tudo pavimentado para que a harmonia seja completa entre Executivo e Legislativo, para o bem do nosso querido Brasil", completou Bolsonaro.

 

 

Frente Parlamentar da Agropecuária - Durante a manhã de ontem, Bolsonaro também se reuniu, no Palácio da Alvorada, com a bancada da Frente Parlamentar da Agropecuária, que deu apoio à reeleição do mandatário. A ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina, eleita senadora por Mato Grosso do Sul, disse que o agronegócio, "integralmente, os produtores rurais pequenos, médios e grandes produtores, estão fechados com a candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro".

 

 

"Hoje estamos aqui novamente, fizemos isso há 4 anos quando a bancada do agro foi levar seu apoio ao presidente Bolsonaro. E agora estamos aqui de novo, maciçamente prestando esse apoio e colocando nosso trabalho agora para que o presidente se reeleja. E não temos nenhuma dúvida que foi o presidente que mais deu apoio ao agro brasileiro, deu apoio através do crédito, através de ações na infraestrutura", disse Tereza.

 

 

 

Paraná - Ainda no Palácio da Alvorada, Bolsonaro recebeu o governador reeleito do Paraná, Ratinho Júnior, e prefeitos e parlamentares do estado. O governador destacou a parceria com o governo federal na realização de obras de infraestrutura no Paraná, como na nova ponte entre o Brasil e o Paraguai que, segundo ele, estão transformando o estado "numa grande central logística da América do Sul".

 

 

"Além disso, o governo do presidente Bolsonaro representa aquilo que a grande maioria dos paranaenses entende como valores importante de uma sociedade, que é defesa da família, da propriedade, a valorização da vida e, automaticamente, entende que esse modelo de governo que está sendo liderado pelo presidente Bolsonaro é um modelo importante para que o Brasil continue crescendo, se desenvolvendo e melhorando a vida das pessoas", disse Ratinho Júnior.

 

 

No Paraná, Bolsonaro teve 55,26% dos votos válidos no primeiro turno das eleições. O segundo colocado, Luiz Inácio Lula da Silva, fez 35,99% dos votos.9k

 

Apoiadora de Bolsonaro, primeira indígena oficial do Exército é eleita deputada federal

 

 

 

Conservadora, Sílvia nasceu em um rincão do Amapá e ostenta uma história de superação. Passou fome, foi mãe na adolescência e partiu para o Rio de Janeiro em busca de oportunidades. Viveu de empregos temporários, entre eles pontas em telenovelas, até conseguir entrar para o serviço público, em 2011.

 

 

Fisioterapeuta reconhecida no Exército, Silvia Nobre foi chefe do serviço de medicina física e reabilitação do Hospital Central do Exército, em Benfica, na zona norte do Rio de Janeiro, atividade que exalta nas redes sociais, assim como a cultura e as reivindicações indígenas. Periodicamente, ela retorna à sua aldeia na Amazônia.

 

Carreira no esporte

 

Em entrevista ao saudoso Jô Soares, gravada em 2012, a atual deputada federal relatou que um incidente traumático foi o pontapé para sua trajetória atlética. Após ser atacada por um homem enquanto fazia uma caminhada no Rio de Janeiro e ter corrido muito para escapar do algoz, decidiu começar a treinar corrida para evitar passar por situações semelhantes

 

 

A indígena tomou gosto e passou a participar de competições. Foi descoberta por um técnico do Vasco da Gama e passou a treinar no corrida. no clube. Por sua boa performance, ganhou uma bolsa para estudar fisioterapia em 2003, no Centro Universitário Augusto Motta.

Deixe seu comentário:

Copyright © 2014 Imprensananet - Todos os direitos reservados.
73 99913-8628 (vivo) / 98823-9662 (Oi) / 98155-2730 (Claro/WhatsApp) | contato@imprensananet.com